Buscar

O QUE FALTA PARA ATINGIR OS OBJETIVOS DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL?

Desde 2015, quando a ONU lançou a Agenda 2030 com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - ODS, passaram-se 5 anos e os resultados não foram expressivos. Isso porque, o que vimos até agora é que a grande maioria dos estudos, educação e práticas de sustentabilidade se concentraram apenas no externo: ecossistemas, estruturas socioeconômicas, tecnologia e dinâmicas de governança. Ao mesmo tempo, um segundo aspecto da realidade foi amplamente negligenciado: as dimensões e capacidades internas das pessoas. Esta é uma lacuna importante nas abordagens atuais.


Portanto, há uma necessidade clara de também olhar para a sustentabilidade do "outro lado", não apenas do nível de sistemas de grande escala, mas também a partir do nível individual. É um pouco como engenheiros escavando um túnel para uma montanha enorme. Por que cavar apenas de um lado? Não é melhor cavar de ambas as extremidades ao mesmo tempo?


No domínio da sustentabilidade, isso significa que também precisamos investigar como as dimensões internas individuais e a sua transformação relacionada podem impactar a sustentabilidade em diferentes níveis e contribuir para uma mudança cultural mais ampla.


Em termos simples, trata-se de como podemos liberar o potencial humano para nos comprometer, cuidar e afetar a mudança para uma vida melhor. Em termos mais acadêmicos, está relacionado ao desenvolvimento da mentalidade das pessoas. Aqui, 'mentalidade' é usada como um termo geral para me referir às crenças, visões de mundo, valores e motivações das pessoas. Relaciona-se com o que as pessoas pensam e sentem, e suas capacidades cognitivas, emocionais e relacionais, como, por exemplo, autoconsciência, compaixão ou empatia.


Portanto, essas ideias nos levam a perguntar por que a mentalidade das pessoas é relevante para os ODS? A resposta simples é porque ela pode ser vista como o gatilho para a mudança em direção à sustentabilidade. Isso significa que ela está na raiz de muitos desafios de sustentabilidade e, por sua vez, é fundamental para as soluções. Até porque nos dá uma visão sobre a capacidade dos indivíduos de refletir sobre seus próprios modelos mentais e suposições e, talvez, adotar novas crenças, visões de mundo e valores.


Esse entendimento também é apoiado pelo progresso recente da neurociência e dos estudos sobre desenvolvimento humano. Eles sugerem que a expansão da consciência pode realmente abrir novos caminhos para a sustentabilidade.


Resumindo, há uma necessidade urgente de entender melhor como nossas mentes e competências associadas podem apoiar os ODS ​​e os fatores que os influenciam. Precisamos urgentemente explorar a ligação entre mentalidade e sustentabilidade com muito mais profundidade.


Se os ODS foram criados como um roteiro para um futuro sustentável. Também precisamos dos Objetivos de Desenvolvimento Interno - ODI, um conjunto de competências, capacidades, e habilidades necessárias para atingir os 17 objetivos e para resolver problemas complexos. Temos que educar e capacitar as pessoas, principalmente as pessoas em posições de liderança, a serem uma força positiva para a mudança na sociedade , e ao mesmo tempo encontrar propósito e significado.


Minha esperança é ajudar a desenvolver internamente líderes para construir um mundo melhor.


Fontes:


http://www.agenda2030.org.br/

https://odsbrasil.gov.br/

https://sdgs.un.org/goals

https://www.linkedin.com/pulse/what-role-do-mindsets-play-sustainability-climate-action-jeroen-janss/?published=t&trackingId=tomrT10yT9y1deo7R0Txlg%3D%3D

https://www.innerdevelopmentgoals.org/

http://ekskaret.se/mindshift

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo